navegar pelo menu
1.11.18

Eu quero muito estar errada, de verdade

eu quero estar errada-eleições-medo-cuidado-precaver-segurança-mãos-dadas

Todos esses meses sem postar direito, alguns sem postar absolutamente nada e eu só posso pedir desculpas... Na verdade, não é só em postar que tenho falhado, mas em produzir, expelir sentimentos, ler... Acontece que com essas eleições os sentimentos que tenho aqui dentro não são os melhores, embora genuínos e completamente humanos, não eram eles que eu gostaria de trazer para cá.

Desde a metade do ano que tenho sentido medo e angústia pelo que poderia chegar a acontecer agora em outubro e que, enfim, aconteceu. Agora eu sinto um misto de medo, euforia, pavor, alívio... Medo porque já estou vendo os resultados dessa eleição, euforia porque preciso disso para planejar possíveis fugas para salvar a mim e a quem mais eu puder salvar se a merda ficar muito pior do que pensamos, é daí que vem o pavor, porque e quem eu não puder ajudar? E quem não conseguir se salvar? O alívio é de que agora temos certeza do que vai vir, mesmo que seja pior do que a nossa imaginação possa produzir, com certeza não é algo bom.

Um país extremamente desigual, machista, homofóbico, racista e intolerante em todos os sentidos agora tem um representante que personifica todos os maiores medos vitais das pessoas do Brasil. Ainda estamos dentro da maioria que não votou nele, somos milhões a mais que os votantes nessa tragédia e mesmo assim sinto que estamos sendo esmagados, ou que essa será a sensação ano que vem.

Sabe o que me deixa mais tensa? Minhas sensações nunca estão erradas. Esse "sexto sentido" que me diz muito sobre pessoas, locais, governos... antes mesmo que eu possa comprovar o porquê dos sentimentos provocados e então... é só esperar para ver.

Eu não quero esperar para ver, quero estar preparada até lá e convido você a se preparar também. Eu quero muito estar errada, de verdade, e se eu estiver errada eu vou ficar muito feliz e aliviada mas até lá não podemos simplesmente "esperar o melhor" se no plano de governo tá escrito o pior para a população. Vamos esperar que ele não cumpra suas promessas que o fizeram chegar ao pódio? É confiança demais e eu sou muito desconfiada quando o assunto são vidas.

Quero tirar meu passaporte para o caso de precisar ser usado, é quase 300 conto então se você, assim como eu, não tiver o seu, se planeje e vá juntando dinheiro, não espere ficar sem ar para buscar oxigênio, precisamos nos precaver, nos unir, nos solidarizar, nos proteger. Escrevo hoje esperando ler tudo isso lá na frente aos risos e vinhos, e como diz minha avó "O seguro morreu de velho" e nós não planejamos morrer de outra forma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi, obrigada por vir e volte mais vezes ♥

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial