navegar pelo menu
4.6.18

Gratitude abril e maio/2018 + vasculhando gratidões


Faltamos no mês passado? Faltamos. Mas foram tempos difíceis e corridos para alguns de nós e não dava postar com um faltando, né non? Como eu disse, foram tempo difíceis mas não é sobre isso que vamos falar hoje, deixa isso pros outros dias, vamos focar na parte boa que existiu entre esses dias ruins, ou vice-versa e compensar esses dois meses que passaram.

Mês passado meus netos nasceram. Foram e são as coisinhas mais lindas desse mundo. Já estão bem grandinhos e correndo. Começaram a comer ração ontem, compramos de filhote quando percebemos que um deles já fuçava a ração da mãe deles. No mesmo dia que eles nasceram, estávamos com visitas e essa é uma das coisas pelas quais também agradeço, desde esse dia essa mesma visita tem se repetido, tornado um hábito bom, sabe? É tão legal às vezes receber alguém ou ir encontrar alguém só para conversar, comer, assistir...  E em uma dessas vezes ganhei um bolo vegano, gente! Como lidaaar??? Sábado já vamos repetir a dose, mas aí já é conversa pro próximo mês haha


Voltei a fazer exercícios e, cara, tava precisando muito. Agora mesmo tô toda doída de segunda mas tão bom. Como entender? Não sei haha No começo é mais difícil mas tenho me "forçado" a ir porque de alguma forma eu sei que me ajuda, não só com relação ao corpo, mas tenho tentado descarregar minhas frustrações e falta de paciência nisso pra deixar minha mente mais relaxada. Pensando na prática de exercícios assim fica até mais fácil pra mim sair de casa e fazer meu corpo ficar cansado.

Nesse meio tempo comecei a fazer terapia e sigo nela. Foi a melhor decisão que tomei, embora já bem atrasada. Tenho aprendido algumas coisas sobre mim e sobre o meu próprio contato com a terapia. Se quiserem que eu fale um pouco sobre isso aqui é só dizer. Sinto que, mesmo estando no século XXI, tem bem pouca gente falando sobre isso e sobre o que a gente sente com essas doenças. É um tabu, né? Eu mesma tenho medo de falar sobre com algumas pessoas porque a gente sabe que tem gente que vê isso como ou loucura total, ou besteira. Falei um pouco sobre como isso me prejudicou aqui mas vamos falar mais sobre, trocar figurinhas e dar as mãos?

Daí entra outra coisa que me deixou mais satisfeita comigo mesma: voltei a postar por aqui. Estamos voltando devagarzinho para não se tornar mais um peso que eu tenha que lidar. A escrita é como um cano de escape pra mim, isso não mudou, mas envolta de crises não consegui redigir nem sequer uma palavra e isso também me deixava bem triste. As trocas que tenho com vocês aqui também me enchem de felicidade, muito obrigada a todo mundo que mesmo depois de eu sumir aparece por aqui e, principalmente, quem me deixa saber disso.

Agradeço muito, muito mesmo pelo grupo maravilhoso do Gratitude no whatsapp formado por mim, Grazi e Guttho. São duas pessoas que moram tão longe mas que consegui formar um vínculo muito amorzinho por essa internet de-meo-deos (tá vendo que tem coisa boa?). Sou aquela integrante que vem pedir socorro no meio da noite meixxmo e sempre tem alguém pra me escutar, mesmo com uma vida e rotinas tão diferentes. Obrigada, gente, de verdade verdadeira!


Em todo esse tempo consegui terminar de ler três livros e OMG, quanto tempo faz que não leio um livro atrás do outro, hein? Achei uma vitória pessoal, uma conquista. Li O Muro, Resistência e Outros Jeitos de Usar a Boca. Agora tô lendo A Hora da Estrela da Clarice Lispector mas peguei spoiler num texto do começo do próprio livro aff Isso me desanimou um bocado mas sigo firme pra aproveitar pelo menos a escrita. Todos vão aparecer por aqui, O Muro já apareceu, mas conta aí se você já leu algum desses ou se tem curiosidade!

E, por último mas não menos importante, fiz um queijo vegano e ficou até bem bom, nem esperava que fosse ficar, sério. Ficou bem feinho o bichinho, rapaz, mas foi a primeira vez, vai! E o que vale é o que importa: tá gostoso, todo mundo aqui gostou e estamos felizes com isso. Mostrei ele no instagram e com certeza vou mostrar mais vezes, se quiser ver.

Vejam também os posts de Grazi e Guttho <3

2 comentários:

  1. SOCORRO! Não sei se você tem noção do quanto cada pedacinho dos seus relatos, sentimentos expurgados e indicações (bem como alertas) mexem comigo e, sem dúvidas, com mais um montão de seres humanos. Nem sei como lhe agradecer por nos tornar seres humanos ainda mais humanos, ainda mais voltados ao coração, sem essa ideia de que ele é o nosso lado fraco - indo, justamente, pelo contrário. Fiquei SURTADA com a capa e sinopse de Resistência e tô aguardando uma resenha loucamente.

    semquases.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus, Vanessa, já li teu comentário várias vezes e todas as vezes me faz tão bem ><
      Muito obrigada por esse carinho todo e por esse comentário maravilhoso, realmente mudou o meu dia. Fico muito feliz que minhas palavras mudem alguma coisa pra você aí desse lado, serião.
      A resenha de resistência já saiu, espero que goste.
      Beijão, obrigada pela visita e volte mais vezes <3

      Excluir

Oi, obrigada por vir e volte mais vezes ♥

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial