navegar pelo menu
17.2.18

O que você precisa saber antes de adotar um gato ~ e ninguém fala

A única foto que eu estou com os três
Hoje é o dia mundial do gato e como eu tenho três gatos, resolvi falar um pouquinho sobre como é criar esses meusfilhosquetantoamo animaizinhos do meu core. Vou colocar aqui a realidade de como é viver com gatos, a minha realidade e o que eu já vivi com eles, portanto não veja isso como uma forma de tentar desanimar alguém que queira adotá-los, eu nunca deixaria meu bebês de forma alguma nem por todas as razões do mundo. Veja isso como a desromantização da adoção de um bichinho e o que é preciso saber antes de adotar ~ e ninguém fala, para quando isso acontecer não ter uma "surpresa" e inventar de abandonar na primeira oportunidade "porque não sabia que era assim".

  • Os gatos precisam de atenção

Muita gente gosta de falar que é melhor criar um gato porque é só botar comida e deixar lá. Mas não é bem assim. Obviamente que o felino tem uma dependência bem menor do que um cachorro, por exemplo, mas não é por causa disso que ele não gosta de atenção. O gato precisa de atenção, mas no tempo dele. Se você quer arrumar um animal para só deixar lá, compra um bicho de pelúcia.

Piercy atrapalhando minha leitura para pedir carinho

  • Os gatos precisam de espaço

Outro mito sobre os gatos: acham que eles podem viver num buraco. Talvez algum gato até viva, mas com certeza não por muito tempo. Isso não é saudável. Eles têm energia para gastar, principalmente quando são filhotes. Depois eles ficam mais dorminhocos e menos enérgicos mas ainda precisam se movimentar. A dica para quem mora em apartamento ou numa casa pequena é colocar algumas estantes para que eles subam e possam fazer as caminhadas deles (ou dormir lá).

Gori em sua versão mais selvagem

  • Eles gostam de ambientes limpos

Há uma semana comecei a fazer uma faxina aqui em casa e percebi que depois disso, os gatos passaram a ficar mais tempo em casa. Ou seja, existem duas observações aqui: 
  1. o que eles puderem fazer para manter a casa limpa eles vão fazer, então se eles estão fazendo as necessidades no lugar errado é porque você não está ajudando eles a te ajudar.
  2. mantenha a sua casa limpa (serious?), principalmente se for uma casa pequena ou uma apartamento, senão eles vão ficar estressados, você vai ficar estressada e ninguém vai ficar feliz. Use eles como termômetro para arrumar a casa.

  • Se você não tiver um terreno, tem que limpar a caixinha de areia todos os dias

As areias para gatos são uma mão na roda para quem não tem um terreno, principalmente porque elas têm um controle de odor e poder de absorção diferente da areia comum, que a gente encontra na rua (e que faz a maior sujeira se a gente tentar colocar dentro de casa para esse fim). Mesmo assim, você precisa limpá-la todos os dias e se você tiver mais do que um gato, várias vezes ao dia. Se ela estiver muito suja, ele vai fazer em outro lugar da casa, talvez até no seu travesseiro (revisando a primeira observação do ponto anterior).

Senhorita no cio, que tem sido um inferno
  • Gato ou gata, se você morar numa casa, vai ter que castrar

Eu tenho três gatos: dois machos e uma fêmea, mas já criei mais outros desde antes de sair da casa da minha mãe. Um deles, o primeiro, morreu envenenado porque gostava de ficar andando por cima da casa das pessoas atrás das gatas, uma pessoa maldosa não estava gostando pois ele afastava as telhas e colocou veneno. Chorei horrores. Depois tive duas gatas e uma delas teve tumor porque minha mãe aplicava vacina para ela não passar pelo cio. No final teve que castrar e fazer uma baita cirurgia que foi muito difícil de cuidar, mas sarou. A outra ninguém esperou e castrou logo para não ter problemas. O aprendizado já está aí mas vou falar ainda dos que tenho agora: desde que arrumei o primeiro, falo que vou castrar todos e ainda não fiz nada e ontem a minha gata entrou no cio. A coitada está no quarto (com o ventilador ligado para arejar, ração e água) para os outros gatos não pegarem ela mas está sendo muito difícil. Que o meu erro sirva de lição por aí.

Caso você more em apartamento e tenha só gatos ou só gatas, sem ter contato com mais nenhum outro felino, talvez nem precise castrar (e nem injeção pelamor). Mas nunca se sabe.

  • Tem vacina todo ano, sim

Não, não é vacina para não entrar no cio. É vacina contra raiva, contra verme e contra tantas outras doenças que podem vir a prejudicar o gatinho se ele não receber esse cuidado. Sempre passando por um veterinário para ele não levar furadas em vão, viu?

E aí, você tem gatos e já percebeu ou passou por algumas dessas situações? Ou está com vontade de criar um? Depois de saber de tudo isso (ufa!) é só dar muito amor, respeitar o espaço e o tempo desses bebês cheios de personalidade e lembre-se: NÃO COMPRE, ADOTE!

24 comentários:

  1. Não é completamente sem trabalho, mas é amor incondicional.

    O Blog da Fênix agora é Cobaia Amiga! Para comemorar a mudança estou sorteando um presentinho para uma leitora lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/01/sorteio-kit-cabelos.html

    ResponderExcluir
  2. Que fofura, não sabia nada sobre os gatos. Mesmo porque sou alérgica ao xixi e coco deles.. /:

    Gostei do post!

    Um beijo

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que tristeza, ainda bem que não sou alérgica a nada deles e a nenhum bichinho, acho que eu seria bem triste :c
      Obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  3. aaaaah! que saudades do meu gato :( Infelizmente ele (macho) fugiu e nunca mais voltou. Mas pretendo adotar outro urgentemente <3 Eu tenho um pouco de alergia, mas é só não ficar garrado 24 horas nele que tá resolvido hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulheeer, o da minha avó (macho) também fugiu, a gente achava que ele tinha morrido e depois de uns seis meses ele apareceu, o safado ahsuahsu por isso é sempre bom castraaaarrr

      Excluir
  4. Tem que ter muito amor e espaço.. Não tenho gato porque tenho alergia.. Adorei as dicas, vai ajudar muitas pessoas que querem ter um gatinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena, Débora, pega um catiorinho então pra dar muito amooor

      Excluir
  5. Eu tinha uma gatinha quando mais nova e era minha paixão, ela tinha sido adotada. Mas um dia quando eu voltei pra casa ela tinha sumido, dias depois descobri que pegaram ela, nunca mais a encontrei.
    Eu tenho essa paixãozinha por qualquer animal !


    Sindrome do Luxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que tristeza, Ana!
      Quando meu primeiro gatinho morreu, fiquei muitoo triste de verdade. Também amo qualquer animal, poderia agarrar todos que vejo pela rua haha ~ meu sonho é criar uma cabrinha :3

      Excluir
  6. Oi! Não tive gatos meus em casa ainda. Mas tenho muita vontade. Pelo que você falou, é um tanto quanto semelhante ao que faço com meus dogs por aqui. Esses bichinhos requerem muita atenção. <3

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, Carolinee, pega logo haha são só amores. No quesito tempo, os gatos ainda exigem menos de nós <3

      Excluir
  7. Adorei esse post, quando eu era pequena tinha muitos gatinhos, minha mãe mesmo ama gatos mais ai uma nossa morreu e nunca mais adotamos nenhum, eu confesso que tenho um pouco de medo dos aranhões que eles deixam haha mas são tão fofinhos, os seus são lindos, parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher, essa coisa de arranhão é muito da personalidade do gato haha cada um tem um temperamento, o meu mais velho mesmo é muitooo calminho com humanos mas meio tenso com outros gatos (acho que ciúmes). Encontra um e dá muito carinho pra ele, o tempo vai mostrar o amor nele <3

      Excluir
  8. Oiê!

    Que post completo, mulher. Eu crio gatos há um bom tempo e seu bem o quão fofos e dóceis eles são. Precisam apenas de cuidados, atenção e, claro, amor.

    Acho que o teu post vai ajudar muita gente que tá entrando nesse barco agora.

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, muitoo amor. Espero que ajude mesmo e que não desistam haha

      Excluir
  9. Oie, tudo bem? Nossa quantas dicas pra quem pensa em ter gatos hein. Aqui em casa já tivemos muitos mas eram da minha irmã. Quando éramos crianças minha casa era quase um zoológico tinha gato, cachorro, coelhos, passarinhos... Mas conforme fomos crescendo isso diminuiu, hoje tem somente um "mini" cachorro haha e um gatinho. Mas é do meu pai. Beijos da corujinha, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo ótimo! Nunca tive nenhum "zoológico" haha mas queriaaaa. Tive apenas muitos cachorros e gatos só :3

      Excluir
  10. Sinto tanta saudade de ter um gato! Já botei na minha cabeça que, quando eu estiver morando sozinha, vou querer vários hehe. Realmente tudo o que você disse no post é verdade. Eles são espaçosos (rsrs) e carentes; precisam de atenção!

    Bom, eu amei o post. As fotos estão um amor ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pega mesmo, nem esperava pegar um e quando vi já tava com três ahsuahsu obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  11. As pessoas falam "gato é independente, não precisa de muita atenção". acontece que precisa SIM! a minha Wanda é super carentona, e eu to sempre em cima dela <3 hihi

    ResponderExcluir
  12. Oiê! Eu to com muita vontade de adotar um gato mas ainda não posso ter, primeiro porque minha mãe não aceita e segundo porque estamos em casa alugada e a dona também não aceita. Mas vivo lendo sobre esses bichinhos fofos. Gosto de aprender porque um dia ainda terei um gatinho pra chamar de meu. Suas dicas foram muito úteis, tenho certeza que vai ajudar muita gente. E seus gatinhos são lindos. Parabéns!
    Beijos
    Tamara
    tamaravilhosamente.com

    ResponderExcluir
  13. Cara eu não sabia nada disso. Eu quero muito ter um gato, mas acho melhor esperar um pouco mais hehe

    ResponderExcluir
  14. aaaaaaaaah que fofos seus gatos ♥
    Desde 2014 sonho em ter uma gatinha e finalmente a 2 meses adotei a minha Nina, tudo o que você falou no post é real, atenção, espaço, limpeza, antes de trazer ela para casa, pesquisei muito, mas teve coisa que só aprendi na pratica.

    O que mais me irrita agora que tenho gato é o comentário "Gato não precisa de atenção, é só dar comida e deixar lá"

    CARA minha gata precisa de atenção sim, ela passa o dia em casa com o meu namorado, mas quando eu chego em casa ela vem miando para a porta e fica uns 30 minutos no meu colo pedindo carinho. Posso chegar com fome, querendo ir no banheiro, não importa não faço nada disso, só fico com ela.

    ResponderExcluir

Oi, obrigada por vir e volte mais vezes ♥

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial